O que o seu orientador deveria fazer!


Para elaborar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) ou Monografia é preciso determinar o tema, problema, hipótese, objetivos e justificativa antes de montar os capítulos. 

A seguir são apresentadas as etapas. 

Para facilitar o entendimento, é utilizado como exemplo, um assunto que desperta a atenção e a curiosidade do leitor. O objetivo é não tornar o texto cansativo durante a explicação. 

Os tumores primários do sistema nervoso central (SNC) compreendem cerca de 2% de todas as neoplasias malignas (MINSKY et al 2002). Há aproximadamente 100 tipos de tumores cerebrais e, estes recebem o nome do tipo da célula da qual se desenvolve. O Glioblastoma Multiforme (GBM) é um tipo de Astrocitoma de crescimento rápido, um tumor cerebral maligno comum em adultos e representa de 50% a 60% dos casos de câncer. No entanto, sua causa não foi elucidada. Os estudos apontam os fatores ambientais, genéticos e de vírus no desenvolvimento dos tumores cerebrais. 


Por meio de exemplos, tendo como tema "O tratamento para o Glioblastoma Multiforme", são descritos os passos corretos para a elaboração do TCC: 


- Primeiramente, é preciso instruir o aluno sobre as possíveis estruturas de um TCC;


- Apresentar os tipos de pesquisas e metodologias: a pesquisa pode ser teórica-empírica; teórica; aplicada ou intervencionista;


- Destacar ao aluno a necessidade de realizar um levantamento bibliográfico sobre o tema que deseja desenvolver. O levantamento bibliográfico consiste em buscar na biblioteca ou na internet, fontes secundárias sobre o assunto que deseja desenvolver. Nessa fase, os alunos realizam descobertas sobre o tema e, geralmente, é uma fase em que decidem se mantém ou mudam de tema. O aprofundamento na pesquisa bibliográfica é um fator crítico de sucesso para o TCC. A leitura evita que o aluno desista do TCC quando chegar as etapas mais complexas, tais como: DISCUSSÃO ENTRE AUTORES, RESPOSTA AO PROBLEMA DE PESQUISA e TABULAÇÃO DOS RESULTADOS (quando houver pesquisa de campo).

 

- Decidido o tema e realizado a pesquisa bibliográfica, é o momento de identificar um problema. Quando não solicitado o problema da pesquisa, o aluno deverá contextualizar o tema, estabelecer os objetivos e justificativa apenas. Todo problema pede uma hipótese. 


- Após muita leitura, a orientação ao aluno é determinar o problema da pesquisa, pois, a partir das leituras é possível contextualizar o assunto e encontrar um problema para sua pesquisa. Por exemplo: suponha que uma pessoa tenha recebido diagnóstico de câncer (glioblastoma multiforme). A única certeza é o óbito. Mas, após pesquisar sobre o tema constata-se que as causas deste tipo de neoplasia maligna ainda não foram elucidados, pois podem desenvolver-se por razões aparentemente desconhecidas. Pronto! Esta informação pode dar origem ao problema da pesquisa. Dessa maneira, pergunta-se: - Como é realizado o tratamento dos pacientes com câncer no que se refere a terapêutica multimodal do Glioblastoma Multiforme (GBM)? Com esta pergunta é possível discutir o tratamento realizado atualmente com os pacientes e, apresentar as pesquisas modernas e as tendencias para o tratamento na área oncológica. Durante o levantamento bibliográfico é possível constatar que no tratamento para o Glioblastoma Multiforme não há um padrão específico, mas, procedimentos paliativos, tais como: ressecção cirúrgica máxima, radioterapia e quimioterapia e TMZ (BARTEK et al, 2012). Por isso a leitura é importante, pois, todos os pacientes com Glioblastoma Multiforme, independentemente da idade, mesmo quando tratados com cirurgia, radiação e quimioterapia, tem sobrevida média de apenas 15 meses.


- Determinado o problema, o próximo passo é estabelecer a hipótese, ou seja, suposições ao problema da pesquisa. A hipótese é uma fase importante para o TCC, e a recomendação aos alunos é de que façam uma lista, com várias "possíveis" respostas ao problema da pesquisa e, esgotada as possíveis respostas, só depois serão determinados os objetivos (geral e específicos). A hipótese deve ser retomada ao final do trabalho, pois das possíveis respostas, o TCC responderá apenas 1 ou no máximo 3 das hipóteses listadas. Portanto, não se preocupe em encontrar uma hipótese, mas várias, para apoiar no desenvolvimento do trabalho. Por exemplo: as hipóteses para a terapêutica multimodal do Glioblastoma Multiforme são: Tratamento de primeira linha: ressecção cirúrgica máxima, seguido de terapêutica, com radioterapia e temozolomida (TMZ). Tratamento de segunda linha: metilação do promotor de MGMT reparadora do DNA, remove os grupos alquila, conferindo resistência no tratamento quimioterápico e radioterapia.   

  

- Agora é o momento de determinar os objetivos do TCC. O objetivo geral está diretamente relacionado ao tema. Ele deve apoiar o problema da pesquisa. Por exemplo: o problema da pesquisa é: - Como é realizado o tratamento dos pacientes com câncer no que se refere a terapêutica multimodal do Glioblastoma Multiforme?  Então o objetivo específico pode ser: - Identificar a terapêutica multimodal para o tratamento do Glioblastoma Multiforme. Os objetivos específicos são: - definir a histologia do GBM, analisar o ECOG, classificar a topografia do tumor, descrever os tipos de tratamento e analisar a sobrevida global.


- A justificativa para o tema é simples. Por meio do exemplo GBM, a justificativa consiste de sua letalidade. O GBM foi o primeiro tumor cerebral sequenciado, por meio do mapeamento dos genomas para vários tipos de câncer. O resultado demonstrou que o GBM possui quatro subtipos genéticos distintos, que responderão 'diferentemente' a cada terapia. Esse fato dificulta o tratamento. Principalmente por que a cirurgia, quando possível, é realizada com o objetivo de aumento de sobrevida, seguido da terapia de radiação ou quimioterapia combinada após a cirurgia. Mas, nos casos em que o tumor é inoperável, a biópsia deve ser realizada seguida de radioterapia e quimioterapia. A justificativa deve convencer, apresentar a importância, viabilidade e oportunidade do tema.


Essas etapas são essenciais para o aluno conseguir elaborar um trabalho de conclusão de curso. Pode-se aplicar nas áreas de humanas, exatas e biológicas. Feito isso, é só estruturar um possível sumário, onde será dividido o trabalho. 


No próximo post ensinarei a estruturar um sumário de maneira coerente com o tema, sem jogar informações.


Até lá.